quarta-feira, 28 de março de 2007

[prémio] pedro emanuel pereira

O vimaranense Pedro Emanuel Pereira, com 16 anos, foi o vencedor de entre mais de 200 pianistas da 14ª edição do Concurso Internacional para Jovens Pianistas e Música de Câmara, que decorreu no passado fim-de-semana, em San Sebastian, Espanha.

"Como tenho 16 anos e esta categoria está aberta a intérpretes de 21, conformava-me com a possibilidade de ter passado a eliminatória. Parecia-me difícil poder ganhar, mas mentiria se dissesse que não tinha esperança de conseguir algum prémio", declarou o jovem vimarenense ao Diário Vasco.

(Escrito com a ajuda do texto de Joaquim Forte, no J.N.)

9 comentários:

jatoz disse...

não estou implicativo, mas não resisto a perguntar: o diário era do sr. Vasco?

spicka disse...

hummmm... acho que estás um pouco implicativo... Vê lá o site do Diario Vasco

spicka disse...

Quanto à filmografia do Quentin Tarantino, realmente "os seus trabalhos mais conhecidos" não sei se será o melhor, mas não sei como modificar. É que toda a filmografia do Tarantino, penso eu, é bastante conhecida, até as co-realizações como o Sin City, por exemplo...

jatoz disse...

:) a piada do diário Vasco tem a ver com o facto de citares o diário e não o linkar. é sempre de bom tom, sempre que se pode, linkar, o que permite averiguar as tuas fontes, bem como desmistificar a origem da informação (entre o real diário Vasco e o diário do sr. Vasco).

Em relação à frase do quentin, está bem conseguida assim!

jatoz disse...

perdoa a redundância do "é sempre de bom tom, sempre que se pode (...)"

abraçol

.:mÁrCiO:. disse...

Parabéns ao jovem!!! E à cidade de Guimarães, nomeadamente onde ele estuda piano.
Agora que Guimarães vai ser capital europeia da cultura, é bom ir despertando talentos destes, ainda por cima tão jovens!

Esferovite disse...

É isso mesmo, sr. Márcio. Guimarães tem pequenas pérolas como este jovem. Essas pérolas dão um óptimo colar no pescoço de uma qualquer senhora em noite de festarola, para depois voltarem a ser guardadas na caixa de jóias até que mais alguém com um nome sonante venha a Guimarães, oportunidade em que novamente se exibirá o belo colar...

A propósito, o colar foi comprado com o lucro de uma fabriqueta qualquer de têxteis fundada no pós 25 de Abril, e que entretanto já faliu, tendo mandado para a rua 50 senhoras com 50 anos cada...

Anónimo disse...

o mal é esse, é verem os artistas apenas como algo a exibir quando dá jeito, esquecendo o seu verdadeiro valor. este jovem, entre outros, vale bem mais que isso.

Anónimo disse...

Desde que haja palha com fartura este jovem vai pregredindo.
Ele tinha 16 anos e agora é bem mais velho, a cabeça já amadureceu e já tem a mente bastante mais estendida...embora seja ainda um pouco bicuda.
Força Pedro, viva a cultura Portuguesa e a festa brava!